Qual o investimento necessário para recuperar o seu negócio?

Qual o investimento necessário para recuperar o seu negócio?

No mercado, de uma forma geral, não é difícil escutar reclamações de alguns profissionais e, também de empresas, que dizem que seus concorrentes são mais baratos e por isso, “roubam os seus clientes”. Mas será mesmo? Parto do princípio que sempre haverá espaço para todos, independente da área de atuação e serviço e/ou produto oferecido, mas uma coisa é certa quando o assunto é entregar o que se prometeu: o “barato” pode sair caro demais.

O segmento de Reestruturação Empresarial vem sofrendo há alguns anos neste sentido, uma vez que vários profissionais, em especial os que atuavam no mercado financeiro, estão buscando uma recolocação profissional e devido sua experiência anterior, acreditam que estão aptos a atuarem neste mercado, fazendo de empresas que necessitam de tal processo, verdadeiras cobaias.    

Não poucas vezes, o empresário(a) quando nos procuram ou recebem alguma indicação nossa, estão “horrorizados” com o trabalho que um profissional, se apresentando como especialista em reestruturação, executou dentro da sua Cia.

Muito importante entender que o financeiro de uma empresa é a consequência e não a causa, portanto, se não estiver havendo desvio de recursos, o problema não é financeiro, possivelmente partes da “engrenagem” do negócio estão comprometidos, comercial, produção, suprimentos e demais áreas devem ser avaliadas minuciosamente, pois se entendermos a verdadeira causa, podemos tratá-la corretamente.  

Com o intuito de “economizar”, os empresários(as) optam por iniciar um processo de reestruturação, investindo  o menor valor possível, contratam serviços que, além de não atender a demanda inicial do negócio, provavelmente, vão gerar novos problemas que precisarão ser resolvidos também adiante por uma empresa ou profissional competente que teria (desde o início) sido a melhor solução. 

Note que contra resultados não existem argumentos. Ou seja, as pessoas vão pagar o preço justo por um serviço bem executado. Nenhuma pessoa em sã consciência, principalmente um gestor ou dono de uma empresa, colocará o negócio em risco em função de uma economia duvidosa. Pense em quantas vezes você (enquanto consumidor) pagou mais caro porque sabia que teria seu problema sanado, confiava na empresa ou no profissional. E, quantas vezes fugiu de “preço barato” porque desconfiou da qualidade ou das promessas. 

Instintivamente, já temos um alerta em nossa mente criado e alimentado culturalmente, em especial quando se trata de serviços no mundo empresarial, que relaciona preço barato à problemas, ou baixa qualidade, atendimento ruim e, preços elevados, à atendimento personalizado, alta qualidade, resultados rápidos e definitivos. O que não está totalmente errado, mas é preciso tomar cuidado com todo e qualquer tipo de generalização, afinal, buscar alternativas que estejam no meio deste caminho pode ser uma boa ideia, neste sentido a Avante Assessoria Empresarial se destaca por analisar corretamente a necessidade da empresa e oferecer o melhor custo benefício para a entrega do trabalho a ser realizado.

Antes de fechar um contrato nunca se esqueça de buscar as devidas referências, quem a empresa atende ou já atendeu é um bom parâmetro que influenciará no momento da escolha.  Empresas vivem de reputação e a avaliação de clientes é um excelente indicativo que ajudará o Gestor(a) a fazer a melhor contratação possível para seu negócio.

 

BENITO PEDRO VIEIRA SANTOS

Especialista em Reestruturação de Empresas